Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

O telemóvel e o diálogo.

Já tinha falado aqui da minha experiência como júri de um casting. Hoje passo por isso de novo e reitero o que tinha dito nessa altura. Só uma curiosidade... a quantidade de gente (sobretudo os não actores, claro), que fizeram um diálogo... com um telemóvel. Não um monólogo, não imaginando o "outro" à sua frente, mas escondendo a cara atrás do aparelho e falando para um lado de lá inexistente.

Se calhar era interessante, uma peça de teatro em que todos os actores dialogassem usando uma ou outra forma de tecnologia. Oh André, não queres pegar na ideia?