Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Luís e as Luísas

Será coincidência, certamente, mas cruzei-me com duas Luísas recentemente e ambas fizeram leituras do meu livro que me souberam bem. Não tanto porque pudessem ser cegamente elogiosas, mas porque me soube bem saber-me lido com prazer e intencionalidade.

A primeira, evidentemente, foi a Luísa Castel-Branco. Já lhe agradeci devidamente as generosas palavras que teve para comigo no lançamento do livro e agradeci igualmente ter aceite o convite para apresentar o livro. Mais do que essas palavras, confesso que o que mais me agradou foi saber que a personagem do livro que ela própria está a escrever decidiu voltar, depois de ter terminado a leitura do meu. Por me ter já acontecido, por saber do prazer desses regressos, foi o melhor elogio que me fez.

A Luísa Mellid Franco escreveu no Actual do Expresso do último sábado:

"Em Silêncio, Amor é o terceiro romance de Luís Soares, depois de Aquariofilia, de 2003, e de Os Adultos, dois anos mais tarde. Parece ter a estrutura de um conjunto de contos, essencialmente urbanos, com uma forte carga intertextual e de interacção febril de histórias e ideias, próprias e adoptadas, deixando em carne viva a escrita e os seus processos. É, sobretudo, um romance feito de momentos decisivos sobre um fundo em que se destaca o livro que se leu, o quadro cuja superfície estremece em quem o olha, a música que permanece à flor da pele."

É pouco, mas é uma leitura que toca em (quase) todos os pontos em que me apetecia ver o que escrevi tocado.

1 comentário

Comentar post