Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Dos críticos.

Os críticos como espectadores particularmente informados ou educados sobre a disciplina que criticam, sempre me pareceram úteis e interessantes, quanto mais não seja, como veículos de aprendizagem. O problema é quando os críticos se ensimesmam num ponto de vista que só admite um determinado tipo de obra e insistem em criticar as restantes desse lugar onde elas nunca necessariamente chegam.

O Luís Miguel Oliveira critica o "Slumdog Millionaire", comparando-o, entre outros, com Renoir, Rossellini, Pedro Costa. Exigir do filme de Danny Boyle que seja um olhar político sobre a Índia é como exigir que os do Pedro Costa sejam entretenimento puro, ou do "Veneno Cura" que seja uma comédia romântica. Sim, ele também fala do Wes Anderson, mas o "Darjeeling Limited" é muito mais postal-turístico-para-turista-alternativo do que este.

Creio aliás, que o maior equívoco sobre o grande vencedor dos BAFTA é achar que é um filme sobre a Índia. A Índia, tal como os "formatos" que o Luís despreza, são só um pretexto, um arquétipo para contar uma história de amor numa base que até ele perceba. Ricos e pobres, perguntas e prémios, irmãos, viagens e marginais, um amor que resiste a tudo. Até podia ser nos bairros das barracas portugueses e é um prazer de cinema.

1 comentário

Comentar post