Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Twitter

Não, não aderi ao Twitter. Por agora basta-me de serviços de comunicação e social networking e afins, mas li este artigo da "New York" e achei interessante partilhar, até porque vivi na pele a primeira onda de dot-coms, da chamada nova economia e todo o bla bla associado.

Sendo uma expressão máxima da micro-comunicação textual, o Twitter está ainda numa relativa infância e tem espaço para crescer, sobretudo associado a serviços onde existe mais margem de expressão (vídeos, fotografias, blogs, perfis).

Como demonstra o José Mário Silva aqui, há mesmo espaço para a literatura.