Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

A cabine, a película, o passado e o futuro.

O mundo da película, das bobines, das tradicionais cabines de projeção em cinema está a acabar. É apenas mais uma das áreas em que o digital está a tomar conta de processos tradicionais, substituindo-os.

A conversão para a distribuição digital poupa mil milhões de dólares anualmente aos estúdios. Nos EUA, cerca de 64% dos 5,732 cinemas já projetam digitalmente – corresponde a 80% do total de cerca de 40.000 ecrãs. 63% de todos os ecrãs de cinema no mundo estarão equipados com projeção digital até final deste ano. Quase todos os cinemas serão digitais até ao fim de 2015 (tudo isto segundo a Screen Digest e a National Association of Theater Owners americana).

É por isso inevitável alguma nostalgia ao ver as fotografias de Joseph O. Holmes feitas em cabines tradicionais, onde reina ainda a película. A série The Booth é de 2012 mas desconfio que em breve será fotografia arqueológica. Inevitável também foi incluir um clip de Cinema Paradiso de Giuseppe Tornatore, provavelmente a melhor homenagem do cinema ao prazer de ver cinema, na mais tradicional das suas formas.