Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Patricia Petibon hoje na Gulbenkian

É verdade que o programa do concerto de Patricia Petibon hoje na Gulbenkian gira, sobretudo, em volta da música espanhola ou de inspiração espanhola. Diz-se, na apresentação do mesmo:

A cultura espanhola intrigou e fascinou a soprano francesa Patricia Petibon desde a sua infância. Sentindo na criação artística espanhola uma forte expressão popular, a cantora integrou nos seus primeiros recitais reportório de autores espanhóis, mas também de latino-americanos. Foi essa a base para o seu álbum Melancolía, aqui parcialmente revisitado por uma cantora conhecida pela intensidade com que aborda as suas interpretações. «No palco», acredita Petibon, «o carisma é indispensável».

Diz-nos, contudo, a folha de sala, que o concerto acabara com Bernstein e uma das minhas áreas favoritas que compôs, 'Glitter and be gay' da ópera 'Candide'. Por isso era esse o vídeo que eu tinha de partilhar.

Mas já agora, o próprio Leonard Bernstein a dirigir a London Symphony Orchestra em 1989, com June Anderson cantando.

All Up In Your Ears

ALL UP IN YOUR EARS is a monthly podcast discussing, extolling, deviating from and disagreeing about recent poems. Each month, two of us pick out a poem and all four of us talk, hoping, in the process, to learn something about the ways that poems can matter—about what is found there and what, sometimes, for some of us, is not. At the end, we all talk about things that have caught our interest recently, and then one of us calls another poet for a short interview. This month, we discuss poems by Erika L. Sánchez and Solmaz Sharif, then chat with Aziza Barnes about podcasts and fate.