Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Anjos e crianças.

Estava há pouco a ver o "Boston Legal", uma das séries mais bem escritas de sempre. Não vou falar do William Shatner que se anuncia (Denny Crane!) um pouco como o líder dos Decepticons (Megatron!) fazia no primeiro filme dos "Transformers", o menos péssimo. Sim, é um trauma.

Reparei no Henry Gibson, actor que faz de juiz Clark Brown e lembrei-me de uma frase que a sua personagem no Magnolia (Thurston Howell) tinha: "It is a dangerous thing to confuse children with angels!", frase que um amigo me repetia com alguma frequência quando descobrimos que ambos gostávamos do filme.

Esta lembrança levou-me de volta a esta notícia que tem mais de dois meses mas não deixa de me impressionar. Só agora, contudo, reparei que acima da imagem que a ilustra (um pormenor renascentista do que calculo que seja um anjo com um alaúde) se encontra a legenda "Fotografia", quando é óbvio que não se trata de tal.

Tudo isto me leva ao que ando a alinhavar, sobre um fotógrafo, sobre famílias e a sua natureza. Decidi vir fazer este post depois de escrever a frase: "Considerou a hipótese de estar a enlouquecer e o pensamento reconfortou-o como um destino a que finalmente se chega depois de uma dura viagem, uma casa escura na noite."

Talvez seja só isso.