Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Para de te queixar e faz alguma coisa.

O portal SAPO estreou hoje um projeto de que muito me orgulho em que estive pessoalmente envolvido. Chama-se "Para de te queixar e faz alguma coisa" e tem direção da Vera Moutinho, sendo que a cara mais visível do mesmo é a Xana Alves, que entre outras coisas faz rádio.

Primeiro um comentário ao título. Quando o nosso primeiro nos começou a chamar piegas, lembrámo-nos de uma frase que o Miguel Gonçalves Mendes, realizador do "José e Pilar", dizia nas apresentações públicas do filme e que, mais palavra menos palavra, era precisamente "Parem de se queixar e façam alguma coisa". Só para dizer que fazer alguma coisa pode ser muita coisa, pode ser fazer greve, manifestar-se, atirar cadeiras ou cocktails molotovs, fazer programas na Internet, escrever livros, fazer filmes, criar empresas, compor música, pintar paredes... inventem.

Toda a gente tem direito a queixar-se, claro. Mas mais que isso, toda a gente tem direito a agir, dar consequência às palavras, a não se limitar a rir do humor que usamos para lidar com as desgraças nacionais. Queixar-se, fazer um post no facebook, um like num cartoon, ter uma conversa de café, é fácil. Transformar o protestos em ação ou, mesmo quando não é protesto, pura e simplesmente agir, é mais difícil.

A nossa primeira "queixinhas" faz música mas já fez muitas outras coisas. É a Ana Bacalhau dos Deolinda. E se calhar o que ouviu mais vezes foi para "não se meter nisso da música". Das várias coisas que diz, gostei muito quando ela explicou que o curso superior, não tendo nada a ver com música, é uma educação para a vida. Mas vá, vejam aqui abaixo a conversa em formato curto e, se vos interessar, depois a outra mais completa.