Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Srinagar e outros lugares mágicos.

Estava a falar com um amigo sobre um título que li ontem, na primeira página de um jornal. Já não me recordo qual foi. Timbuctu (ou Tombuctu?) estará destruída a 90%, fruto da guerra que devassa o Mali, pelas mãos dos fundamentalistas islâmicos. Todos os fundamentalismos me irritam, mais ainda aqueles que atacam a minha imaginação, além de lugares e pessoas reais.

Timbuctu como Katmandu, Ulaanbaatar ou Srinagar são cidades com nomes que me ecoam na memória com sombras de aventura e exotismo. Sim, é um pensamento muito eurocêntrico, mas não é só isso. Srinagar, por exemplo, capital de Caxemira, ficou-me gravada na imaginação desde que li "Shalimar, o Palhaço", esse romance que, só por si, já merecia que alguém desse um Nobel a Salman Rushdie.

Logo logo de seguida a esta conversa, descobri esta fotografia abaixo. Transcrevo a legenda e informação do autor: "Kashmiri boys jump in water of Dal Lake to beat the heat during hot summer day in Srinagar, the summer capital of Indian Kashmir, 27 June 2011. The temperature has soared up to 32 degree Celsius in this Himalayan region. EPA/FAROOQ KHAN".

Também Caxemira vive mergulhada em guerra há anos, embora o conflito aí seja mais subtil, feito daquelas tensões que só as fronteiras, essa vil invenção da humanidade, podem criar. Ao menos os miúdos parecem divertidos.