Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

O mundo ainda existe?

O Jason Kottke publicou um vídeo que parecia apenas uma extraordinária coincidência. Alguém que filmava uma perseguição policial na sua televisão foi surpreendido pela passagem dessa mesma perseguição à sua porta. Vejam aqui:

 

 

É claro que o nível da coincidência suscitou dúvidas sobre a veracidade do vídeo, mas aparentemente o Andy Baio sincronizou os dois vídeos e parecem não restar muitas dúvidas.

 

 

Simulacros, simulações, imagem dentro da imagem, dentro da imagem, o delay que a televisão introduz. Isto levou-me a pensar também naquele texto do Kevin Kelly sobre o improvável, o extraordinário serem o novo "normal". Apesar de ele achar que sim, fica no meu espírito a dúvida sobre se a sobre-exposição do extraordinário é uma coisa normal ou não. Volto sempre ao Don DeLillo e ao fato de ele achar que os terroristas e não os criadores restarem como únicos possíveis formadores da nossa consciência coletiva.

Nesta linha de pensamento, fiquei também a pensar se, neste hipermundo em que vivemos, as alterações climáticas não são apenas mais um blip no tecido da hiperrealidade, um bom motivo para notícias, mas não para ação. E por fim, claro, senti-me devolvido ao hiperrealismo do The Hobbit, de que já falei aqui.

No fim disto tudo, fico com dúvidas sobre a existência do mundo, para além da comichão que tenho nas costas, o sono nas pálpebras, a velocidade a que o sangue é ou não bombeado para o meu corpo.