Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Sometimes when you love someone, you will do crazy things

Killing Eve is a British drama television series produced by Sid Gentle Films for BBC America. It is based on Luke Jennings's Codename Villanelle novella series and developed for television by Phoebe Waller-Bridge. The first season of eight episodes was ordered on November 15, 2016, and premiered on April 8, 2018. Shortly before its premiere, BBC America renewed Killing Eve for a second season, which is set to premiere on April 7, 2019.

This America, man.

McNulty: Let me understand you. Every Friday night, you and your boys would shoot crap, right? And every Friday night, your pal Snot Boogie… he’d wait till there’s cash on the ground and he’d grab it and run away? You let him do that?
Kid: We’d catch him and beat his ass but ain’t nobody ever go past that.
McNulty: I’ve gotta ask you: if every time Snot Boogie would grab the money and run away… why’d you even let him in the game?
Kid: What?
McNulty: Well, if Snot Boogie always stole the money, why’d you let him play?
Kid: Got to. This America, man.

Leading Lady Parts

This comedy short, written and directed by Jessica Swale, takes a sneak peek backstage as the cream of British acting talent step forward to audition for that dream role. They are primed to take on the role of a lifetime, that complex woman, the strong woman, a woman for today. A lady part who is more than just... lady parts.

The eclectic, award-winning cast includes Gemma Arterton, Gemma Chan, Emilia Clarke, Lena Headey, Tom Hiddleston, Felicity Jones, Katie Leung, Stacy Martin, Wunmi Mosaku, Florence Pugh, Catherine Tate and Anthony Welsh.

The hear her campaign aims to give free reign and the opportunity for normally unheard women from across the UK to tell their stories and give their opinions on all matters ‘women’. It aims to elevate these honest and uncensored opinions to make them un-ignorable.

Pessoa (Campos) em Novela

Osmar Prado recitando "Poema em linha reta" (Fernando Pessoa), em cena de O Clone (2002)

 

POEMA EM LINHA RECTA

 

Nunca conheci quem tivesse levado porrada.

Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

 

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,

Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,

Indesculpavelmente sujo,

Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,

Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,

Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,

Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,

Que tenho sofrido enxovalhos e calado,

Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;

Eu, que tenho sido cómico às criadas de hotel,

Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,

Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,

Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado,

Para fora da possibilidade do soco;

Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,

Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.

 

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo

Nunca teve um acto ridículo, nunca sofreu enxovalho,

Nunca foi senão príncipe — todos eles príncipes — na vida...

 

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana

Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;

Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!

Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.

Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?

Ó príncipes, meus irmãos,

 

Arre, estou farto de semideuses!

Onde é que há gente no mundo?

 

Então sou só eu que é vil e erróneo nesta terra?

 

Poderão as mulheres não os terem amado,

Podem ter sido traídos — mas ridículos nunca!

E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,

Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?

Eu, que tenho sido vil, literalmente vil,

Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

 

Poesias de Álvaro de Campos. Fernando Pessoa. Lisboa: Ática, 1944 (imp. 1993). - 312.

A Very English Scandal

Coming soon to BBC One and BBC iPlayer. Starring Hugh Grant and Ben Whishaw, A Very English Scandal is the story of an illegal love affair that threatened the life of one man and the entire British establishment. Directed by Stephen Frears (The Queen, Philomena) and written by Russell T Davies, this brand new three-part series is a darkly comic adaptation of true events.