Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

luís soares

Blog do escritor Luís Soares

Futuros.

Eh pá, eu sei que estão a morrer símbolos por dá cá aquela palha, primeiro a loura Fawcett, depois o Michael Jackson e nada como a Pop e as suas desventuras para nos distrair das agruras do mundo, Irão, crises e negócios por concretizar.

Lembro-me de ver "Os Anjos de Charlie" na televisão e de num filme (acho que era o "54" com o Ryan Philippe, mas podia ser o "Boogie Nights" com o Mark Whalberg) alguém vislumbrar a Farrah Fawcett numa discoteca com o fascínio reservado às verdadeiras estrelas.

Lembro-me de ter uns 15 ou 16 anos e ouvir o "Thriller" sem parar e render-me aos encantos da sua Pop contagiante em cassete, em vinil, em videoclip, bom, ele estava em todo o lado. Peter Pan decadente, parecia ter-se confinado ao seu rancho, definhando entre tribunais e memórias. Mesmo assim, morreu um símbolo.

Mas não era sobre nada disto que eu queria falar, era sobre o putativo negócio da PT com a Media Capital e, por consequência, com a TVI. Nem era sobre a hipótese do negócio que eu queria falar. Era sobre como não há inocentes na história, muito menos entre todos aqueles que emitem opiniões. Só duas ou três coisas.

Não é a primeira vez que a PT investe em conteúdos e não vale a pena fingir que o passado não existe. Da primeira vez saiu de cabeça baixa, mas só do negócio dos jornais, o dos conteúdos televisivos ficou e transitou para a ZON. E não é negócio pouco importante, a Sport TV, só para citar um exemplo.

É fundamental para a PT gastar dinheiro a sério em conteúdos e para uma empresa daquela dimensão, a maneira mais eficiente de o fazer é comprar por atacado, isto é, comprar uma outra empresa da área.

A Impresa está provavelmente a roer-se de inveja, até porque precisa mais de dinheiro do que a Media Capital, mas não devem esperar pela demora. Um alinhamento PT-TVI justifica o tão desejado alinhamento ZON-SONAECOM-IMPRESA. E a Impresa pertence ao militante nº1 do PSD. Transparência?

A TVI não é oposição ao governo, por muito que algum folclore informativo em busca de audiências e alguns meses de silêncio de Ferreira Leite o faça parecer. A TVI quer vender publicidade e ter audiências, se isso implica meter a mão na anca e causar escândalo, é por aí que vão, mas não é esse o centro da sua estratégia.

A TVI é sobretudo uma bem oleada fábrica de chouriços e ficção. O Jornal da Noite é só mais um episódio de telenovela baseado (vagamente) em factos reais que passa entre as oito e as nove.

Por estarmos em ano de eleições, toda a gente acha que tudo tem a ver com política e em parte terá sim e o governo está a meter os pés pelas mãos, a jogar à defesa e a atrapalhar-se, mas no fim no fim, é só uma questão de dinheiro. E se a Dra. Ferreira Leite acha mesmo o que acha sobre instrumentalização - o que o Eng. Zeinal chamou e bem "um insulto" - e tenciona ser governo lá para o fim do ano, devia esfregar as mãos de contente. O PS está a fazer-lhe o trabalho sujo preparatório.

Bom, o que for será, mas agora tenho de ir ver se o Obama já comentou a morte do Jackson entre matar duas moscas.